Concurso PúblicoEducação

Como se preparar para um concurso com pouco tempo disponível

Em concursos municipais é comum as pessoas começarem a se preparar somente quando o edital é publicado, o problema disso é o tempo. Da publicação do edital até a data da prova é um período curto que varia de 60 a 90 dias. Para quem trabalha o dia todo, tem família, precisa dar atenção aos filhos, pode ser um desafio conciliar tudo e ainda ver toda matéria cobrada no edital.

A solução para isso é aplicar a técnica de rememoração de matérias e estudar apenas os conteúdos que houver lacuna na aprendizagem, para fazer isso siga os passos abaixo:

1º passo – Ler o edital

Ler o edital é óbvio e claro que todos fazem isso, mas muita gente presta atenção apenas nas condições da prova e no grau de estudos necessários e acaba deixando de lado o mais importante: o conteúdo cobrado.

Um concurso de nível médio com certeza vai cair língua portuguesa, porém dentro desta matéria existem diversos conteúdos que podem ser cobrados ou não, quem vai dizer é o edital.

Por isso é recomendável que candidato extraia do edital o conteúdo cobrado para sua prova e organize ele em blocos de conteúdos e assim passe ao passo seguinte.

2º passo – Rememoração

Quando você aprende uma coisa, você nunca mais esquece, mas se você deixar de usar aquele conhecimento seu consciente irá arquiva-lo em memórias do subconsciente e pode acontecer que seja necessário reativar esse conhecimento antes de usá-lo novamente.

Imagina que você aprenda andar de bicicleta e depois passe vinte anos sem pedalar, pode ser que quando voltar a subir em uma bike você tenha algumas dificuldades como equilíbrio, reflexo ou para fazer conversões.

As dificuldades iniciais na retomada não significam que você desaprendeu ou esqueceu como se faz aquilo, elas significam que você precisa ativar o conhecimento que esta arquivado.

A melhor forma de rememorar um conhecimento é se submetendo a prática, então se você precisa rememorar um conteúdo de língua portuguesa será necessário fazer exercícios desta matéria.

Uma forma eficiente de aplicar essa técnica é, depois de feito o 1º passo, fazer exercícios referente aos blocos e só estudar os conteúdos que você errar com maior frequência.

3º passo – Simulados

Se sair bem em uma prova é uma questão de conhecimento e experiência. O conhecimento vem com estudos, a experiência vem com a prática e essa prática pode ser adquirida fazendo vários concursos ou fazendo simulados. Um simulado consiste em reproduzir as condições do exame, não só a prova, mas também o ambiente de prova.

A melhor maneira de fazer isso é refazendo provas de concursos anteriores, de preferencia da mesma banca que vai aplicar o exame e com as mesmas matérias e o mesmo número de questões do seu concurso. Faça ao menos um simulado por semana, com o mínimo de 10 até a data da prova. Reserve-se para o teste o mesmo tempo do seu concurso e evite todo tipo de distração possível como se estivesse no exame.

Através do simulado você vai buscar controlar sua ansiedade, o numero de vezes que vai ao banheiro, necessidade de alimentação e a hidratação necessária durante a prova.


Dica de ouro: A grande dificuldade que as pessoas encontram nesta técnica é acesso a um banco de questões e principalmente em provas de concursos anteriores, mas neste caso não tem jeito, a forma é buscar na internet.

Existe vários sites especializados em todo tipo de conteúdo para estudo e com uma infinidade de exercícios com gabaritos gratuitos disponíveis para qualquer navegante. O candidato deve buscar na internet por “exercícios com gabarito de (conteúdo)” algo que pode ser feito pelo celular, e em seguida responder os exercícios marcando em um pedaço de papel as respostas como se fosse um gabarito. Ao final conferir as respostas e estudar apenas os conteúdos que mais errou.

Links

Outros Concursos da região.

João Avelar

Jornalista Blogueiro, formado em ciências contábeis e especialista em Gestão Pública Municipal com mais de uma década de experiencia no setor público.