Notícias

Sinais que indicam que seu namorado é um psicopata

uma relação toxica não começa toxica, na maioria das vezes, antes de se demonstrar possessor, a pessoa é alguém muito amável, acima de qualquer suspeita, a família gosta, os amigos falam bem. A dominação é algo que começa de forma despretensiosa, no início pode até parecer fofo, mas não se engane aquela “brincadeirinha” pode custar sua vida no futuro.

Um relacionamento abusivo dá sinais claros desde o início, o que dificulta a interpretação destes sinais é a banalização de gestos agressivos como se fossem prova de amor. Abaixo vou colocar alguns pontos que indica o início de uma possessão, sua banalização e qual o propósito do possessor por traz destas atitudes, mas se você não quiser ler toda esta matéria, ao final eu coloco um resumo.

1º INDICATIVO – Condição ao Ridículo: “Se você gosta de mim então ajoelha… Se você não quer que eu vá embora, então chora… então implora…”. Não há nada de fofo, muito menos amor em pedir que alguém se ridicularize ou faça algo humilhante para provar ou conseguir algo de alguém, esse costuma ser o primeiro teste de dominação, a ideia do dominador é saber qual é o limite, essa pessoa não te respeita e se você aceitar uma vez essa condição, outras piores virão, não vale a pena insistir neste relacionamento, pois esse é um sinal “fofo” que o outro não te respeita.

2º INDICATIVO – Ciúme Bobo: “Não gosto da sua amiga… Você se preocupa mais com sua família do que comigo… Sua mãe não gosta de mim… Eu sou sua família agora…”. Se ciúme não é prova de amor, esse tipo de comportamento é prova de que a dominação começou, pois se no primeiro indicativo a ideia era testar o limite, agora o dominador quer te isolar de sua base de apoio (família e amigos).

3º INDICATIVO – Você não precisa disso: “Deixa seu emprego, cuide da nossa casa… Você não precisa trabalhar fora…”. Muito cuidado, porque se não existe almoço grátis na vida, em um relacionamento também não, ele não está preocupado com você, lembre-se à primeira vista todo relacionamento tóxico parece fofo, lembra do indicativo anterior? Se antes ele estava te isolando da sua base de apoio, agora ele está criando dependência financeira, pois sem a quem recorrer e sem condições de se manter você vai aceitar bem melhor o 5º Indicativo.

4º INDICATIVO – Coisa da Sua cabeça: “Você é louca… Você não faz nada direito… Deixa que eu mesmo faço, você não sabe fazer nada…”. A dependência financeira sempre vem junto com a dependência emocional, essas falas são sim muito agressivas, mas ela vem em uma fase do relacionamento em que isso já é tido como “normal” e a pessoa que está sendo dominada aceita essa situação com a desculpa de que essa é a personalidade do outro e está tudo bem, mas cuidado, esse comportamento indica que você se rendeu, o cominador agora quer dominar seu psicológico.

5º INDICATIVO – Não estou te agredindo: “Olha pra mim, isso não é agressão, seu eu te bater eu te arrebento… Não estou te empurrando, se eu te empurrar você voa longe…”. Neste ponto da relação muito provavelmente você já foi afastada da sua família, perdeu o contato com seus amigos, você não tem emprego e depende do seu companheiro até para comprar um pão, seu psicológico esta abalado, você se culpa pelos problemas, e então você se questiona, “não, ele não está me agredindo, eu sou a louca”, não se engane, pois esse é o limiar da sua vida, a partir desse ponto você pode ser morta a qualquer momento.

Resumo

Aprenda, se você tem que se humilhar não é amor, se não aceita sua família não aceita você, se ele acha que seus amigos são um problema, na verdade o problema é ele, sua independência é o maior sinal de amor, você não é louca, se te tocou com raiva isso é agressão.

Você acha que foi útil o que acabou de ler? Então compartilha com seus amigos, isso pode ajudar alguém que você conhece! Não deixe de seguir o João nas redes sociais @JoaoDoc, é lá que a gente sempre publica este tipo de conteúdo.

Quer receber notícias em primeira mão, enviar sugestão de matéria, então entre para nossos grupos de whatsApp, basta “clicar aqui

João Avelar

Jornalista Blogueiro, formado em ciências contábeis e especialista em Gestão Pública Municipal com mais de uma década de experiencia no setor público.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *